Parceiros

Animes Media PORTAL POKEMONGO - Create your own banner at mybannermaker.com!

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Curiosidades #2: Dicionário Otaku A-Z




Fala galera hj trago as principais definições do mudo otaku de A-Z.


A

Action Figures- Figuras plásticas que representam todos os tipos de personagens, não necessariamente apenas de animes e mangás.
Ahoge– literalmente, cabelo idiota. Usado para definir personagens despreocupados, relaxados e que não se importam com a aparência.
Akiba-chan- feminino de Akiba-kei.
Akiba-kei- Termo equivalente a otaku, que faz referência ao famoso bairro de Tókio, Akihabara (ou Akiba), local onde se vendem muitos animes, mangás, action-figures, games, cosplays e produtos relacionados a cultura otaku em geral. também é um bairro famoso por seus produtos tecnológicos.
Amaloli- sinônimo de sweet lolita.
Anime- No Japão, o termo é utilizado para definir qualquer animação. No Ocidente, no entanto, o termo refere-se exclusivamente as animações japonesas.

B

Bara- literalmente, rosa. Mas é utilizado para definir mangás yaoi (com temática homossexual), geralmente criados por homens e para homens.
Bishounen– literalmente “gatoto bonito” em japonês.  (Anime/mangá com vários garotos bonitos, Aparecem geralmente em mangás shoujo do estilo harém invertido).
Bishoujo- literalmente “garota bonita” em japonês. (Anime ou mangá com várias garotas bonitas. Aparecem geralmente em animes/mangás shounem do estilo harém).
Bokukko- personagens femininas boas de briga e de temperamento ruim, e que possuem dificuldades em mostrar o seu lado feminino.
Boys love– ver yaoi
Bunko- nome dado a reedição de séries em um formato diferente, com menos volumes do que a publicação inicial (ver: tankobon). Um bunko em geral inclui dois ou mais tankobons da série.

 

C

Chibi- literalmente, pequeno, baixinho.
Classical Lolita- inserido na moda lolita, moda que busca o antigo estilo de se vestir, baseado na moda vitoriana e rococó. As roupas são normalmente em cores clássicas, como vinho, verde escuro e creme, utilizando tecidos nobres e estampas clássicas, como floridos e xadrez. Utiliza-se também de acessórios elegantes, como camafeus e pérolas. Os modelos gerlmente possuem cintura imperial e a saia mais longa que a das outras lolitas.
Cosplay- Do inglês, Costume Play (brincar de fantasiar-se). Termo  usado para se referir a prática de se fantaiar como personagens de animes e mangás. A pessoa que faz cosplay é um Cosplayer, e pode somente se fantasiar, como pode também interpretar o personagem de sua fantasia.
Country lolita– lolitas que usam estampas xadrez, ou florais e frutados chamativos, e, na maioria das vezes, chapéus de palha.

D

Deco Lolita- mistura do estilo decora com o lolita. O estilo é bastante colorido, e utilizam-se muitos acessórios de várias cores, estampas coloridas, meias, muitas pulseiras de bolinhas, enfeites de cabelo e sobreposição de diversas cores. O rosa é bastante presente.
Denpa- dentro do universo dos mangás e animes, o termo é utilizado para se referir à pesonagens maluquinhas, bastante imaginativas e que fogem ao senso comum.
Dojikko– Típica personagem MOE. Apesar de ser muito bonita e MOE, é extremamente desajeitada.
Doramas- Séries japonesas, que são, na verdade, novelas de curta duração, que podem ter história próprias e novas, ou baseadas em animes, mangás e light novels.
Doujinshi- Mangás escritos por amadores. Podem ter histórias novas e originais, ou, na maioria das vezes baseadas em algum anime ou mangá oficial. São famosos por, em alguns casos, criar hentais ou situações yaoi/yuri de histórias consagradas. Diferente dos gaidens, que são oficiais e que são histórias extras criadas pelos própros autores do mangá original. Ver a definição de Gaiden.
Douseiaisha- pessoa do mesmo sexo, a qual é objeto de amor romântico.
Drama–  dramatizações, novelas mais curtas do que as que vemos no Brasil, por exemplo. Doramas são os dramas japoneses, k-dramas são os coreanos, c-dramas são os chineses e por aí vai. Mas são todos dramas.
Drama CD- espécie de “rádio novela” baseada em histórias de animes, mangás ou light novels, onde a história se desenvolve a partir das vozes dos atores que interpretam os personagens.

E

Ecchi- em japonês, “indecente”. Mangá com teor erótico, mas que não precisam, necessariamente, ter cenas de sexo. Nem sempre é ero-comedy. Em geral a maioria dos mangás eróticos ou pornográficos pode ser classificada como Ecchi. Os mangás pornográficos em geral são recomendados apenas para maiores de 18 anos, enquanto as ero-comedies costumam ter censura mais leve.
Encho-kousai– encontros nos quais homens mais velhos pagam para saírem com garotas colegiais. Situação geralmente de shoujo mangá, onde a menina irá se encontrar em perigo ou se prostitui ilegalmente. Nem sempre envolvem prostituição.
Ero-Comedy- Animes e mangás com piadas e brincadeiras que envolvem temas sensuais. Geralmente é ecchi.
Ero-loli- (erotic lolita) mistura do sexy (sem exageros) com o estilo lolita. Utiliza elementos típicos das roupas íntimas vitorianas, como corpetes, cintas-liga e calcinhas grandes e cheias de babados. As saias em si são bastante curtas, para deixar propositalmente a calcinha à mostra. Por vezes utilizam-se apenas armações de metal no lugar das saias.

F

Fanart- Desenhos não-oficiais criados por fãs, baseados em personageens de mangás, animes e afins.
Fanduber- Pessoas ou grupos que dublam animes, doramas e live-actions de forma não-oficial e sem fins lucrativos.
Fanfic– abreviação de fanfiction
Fanfiction- História não-oficial criada por fãs, baseada em personages de animes, mangás, doramas e afins.
Fanservice- característias que são adcionadas em animes e mangás somente para agradar aos fãs, sem ter alguma relevância para a história. Os mais comuns são cenas de nudez ou apelo sensual.
Fansuber- do inglês, na contração de Fã com Subtitle (legenda). Pessoas ou grupos que legendam animes, oramas e live-actions para outras línguas de forma não-oficial e sem fins lucrativos.
Filler– Episódios ou arcos de episódios que aparecem em animes, mas que não aparecem na história original do mangá do qual foram adaptados, ou seja, são inventados. 
Fujoshi- Fãs de animes e mangás do gênero Yaoi/BL
Futanari- literalmente duas formas. Tipo de mangá hentai que envolve indivíduos hermafroditas.
Furries– ver hentai

G

Gaiden- histórias extras relacionadas a mangás já existentes, finalizados ou não. Um Gaiden pode ser publicado muitos anos após a finalização de um mangá, como uma forma de revisitar a história ou personagens; ou pode ser publicado simultâneamente ou logo após o término deum mangá, para desenvolver arcos secundários que não afetarão a história principal. Os Gaidens são materiais oficiais, feitos pelo próprio autor do mangá, diferentemente dos doujinshis, que são amadores.
Gaijin- Estrangeiro, termo perjorativo. Equivalente a “Gringo”.
Ganguro- garotas de pele muito bronzeada (muitas vezes artificialmente), cabelos descoloridos, maquiagem e roupas extravagantes e exageradas.
Gei-comi– mangás homossexuais masculinos, feito por homens e voltados para o público masculino. Diferente dos yaois que em sua maioria são feitos por mulheres e com foco no público feminino (ver fujoji)
Gender Bender: subcategoria de animes (normalmente shoujo) onde o personagem por alguma razão finge ser do sexo oposto. Um bom exemplo são meninas que fingem que são meninos para entrar em colégios masculinos, além de outros casos.
Gothloli- Gothic Lolita. Estilo que mistura a moda gótica com a moda lolita. Elas são lolitas, não são góticas. Sua moda é inspirada na moda vitoriana ou rococó, bem como as Classic Lolitas. O que as difere das classic lolitas são a predominância de tons escuros e a marcante presença de acessórios góticos.Elas tentam parecer bonecas de porcelana ou princesas.
Gurololita- (gotesque lolita). Estilo que consiste em parecer machucada. As meninas se utilizam de bandagens, tapa olhos, sangue falso e maquiagem para criar machucados. Vestem-se de branco (ou outras cores clarinhas) e com roupas delicadas, para contrastar com o sangue e deixá-las com a aparência mais ferida. A idéia é parecerem bonecas quebradas, ou crianças recém saídas de lugares perigosos.
Gur ouji– meninos que tem o mesmo objetivo das guro lolitas, só que, em vez dos vestidos brancos e delicados, usam roupas de época.

H

Harém- mangás ou animes onde aparecem muitos personagens apaixonados pelo mesmo (geralmente o personagem principal). Muito comum em mangás shonen, quando existem várias meninas (geralmente bishoujos) apaixonadas pelo mesmo menino, ou em mangás shoujo, onde acontece o chamado harém invertido, onde a persoagem principal tem que escolher seu par em meio a vários meninos apaixonados por ela (geralmente bishounens).
Henshikin- literalmente, transformação.
Hentai- Gênero de animes e mangás com conteúdo pornográfico pesado e explícito (estamos falando de guro, negrofilia, material pesado mesmo). Não recomendado para menores de 18 anos. Possuem várias categorias, entre elas, algumas proibidas em alguns países, como Furries (com teor zoófilo), Lolicon(envolvendo meninas menores de idade), Shotacon (envolvendo meninos menores de idade) e Toddlercon (envolvendo bebês ou crianças muito pequenas).
Hikikomori– indivíduo que vive isolado em sua casa, saindo apenas em cassos de extrema necessidade, ou nem isso. Pessoas com fobia social.
Hime- literalmente, princesa. No caso de realeza, geralmente acompanhado de sama, Hime-sama. Usado também como uma forma bonita de se referir a uma menina, podendo ser acompanhado também do sufixo chan, hime-chan.
Hime lolita- estilo de lolitas que remete às antigas princesas européias. Utiliza cores suaves, coroas, tiaras e pérolas. Os modelos de vestido e os penteados tentam ser similares aos utilizados pela realeza européia.

I

Iinchou– representante de turma ou de classe
Ikemen– homem bonito
Imouto- irmã mais nova

J

Josei- Signfica “mulher’ em japones. O termo é usado para se referir a animes e mangás voltados para o público feminino adulto.

K

Kawaii- literamlente fofo, bonitinho.
Kaoani– Kao: face; ani: animation. Define oa personagens reduzidos  arredondados, ou mesmo apenas as cabeças dos personagens, feitas arredondamente e de forma kawaii, que comunmente aparecem em mangás e animes.
Kaemono- literalmente besta. Personagens humanas estilizadas como animais, ou com características de animais.
Kaemonomimi- personagens humanas, com corpo humano, mas partes de animais, como orelhinhas, patinhas, ou caudas.
Kodomo- Significa “criança” em japonês. O termo é usado para se referir a animes e mangás voltados para o público infantil.
Kodomomuke- termo exato para animes e mangás voltados para o público infantil.
Kuro – preto
Kurololita– lolitas que se vestem somente de preto.
Kuudere- personagens que parecem frios e insensíveis, mas na realidade escondem o fato de serem emocionalmente frágeis.

L

Lemon- ver yaoi
Light novel- romances, com algumas ilustrações em estilo mangá, voltados na maioria das vezes para o público jovem.
Live-action- Filme com atores reais, atuando em cenários reais, interpretando personagens de animes ou mangás.
Lolicon– ver hentai
Lolita- estilode moda japonês, que possui muitas ramificações. Em geral, são inspirados no estilo kawaii e vintage. A maior preocupação é manter uma imagem infantil, não sexualizada (na maioria das subdivisões) e inocente. Em todas as lolitas se pode ver vestidos, renda de boa qualidade, decote alto e saias rodadas, além de sapatos elegantes.
Lovecome- comédia romântica.

M

Magical Boy-versão masculina das mágical girls, aparecendo, na maioria das vezes, como sub-categoria de animes/mangás shonen.
Magical Girl- subcategoria de animes/mangás shoujo, onde aparecem garotas com poderes mágicos.
Mahou-shoujo– sinônimo de magical girl
Mahou-shounen– sinônimo de magical boy
Mangá- Significa em japonês “imagens aleatórias”. Termo utilizado para definir as revistas em quadrinhos japonesas, e também o estilo de desenho que aparece nelas.
Mangaká- Desenhista de mangás.
Manhwa- No Ocidente, define histórias em quadrinhos da Coréia do Sul. Dentro da Coréia, o termo é utilizado para se definir histórias em quadrinhos, ilustrações e animações no geral.
Mecha- Histórias com robôs gigantes.
Megane- Personagens que utilizam óculos. Mas não basta utilizar os óculos, geralmente os personagens se enquadram em alguns padrões esteriotipados.  Os personagens de óculos tem como regra básica serem inteligentes, e geralmente pertencem a dois grandes grupos : os gênios sérios, maduros e calculistas, ou os nerds tímidos, bobos e considerados feios. No caso das personagens femininas, são comuns casos onde a personagem, até então considerada feia, na realidade é linda sem os óculos. Os personagens megane são frequentemente associados a fetiches, ou ao mais puro e simples MOE.
MOE- amor (amor graaande) por personagens de animes, mangás ou games. Pode significar amor por um determinado gênero ou estilo de mangá ou personagem, ou um mangá ou personagem específicos. Se refere também a momentos extremamente fofos, extremamente românticos, enfim, a tudo aquilo que é apaixonante.

N

Nanshoku- palavra antiga e pouco utilizada atualmente para definir homossexualidade masculina.
NEET– Not in Education, Employment, or Training. Ou seja, uma pessoa que não estuda, não trabalha e nem está em treinamento. Os NEETS também podem ser hikikomoris  (ou não) mas em geral são sustentados pelos pais ou familiares. Crianças pequenas não são NEETS! Isso só vale para adultos! 
Neko- literalmente gato. Utiliza-se para personagens com características felinas (não necessáriamente kaemonomimi).

O

One Shot- mangás curtos, com históorias de apenas um capítulo, ou cujos capítulos podem ser compilados em apenas um volume tankobon.
Ookina tomodachi- literalmente amigo grande, podendo significar amigo adulto ou mais velho. Termo designidado a um otaku que mesmo não sendo criança gosta de mangás e animes infantis.
Omake- literalmente, extra ou bônus. Utilizado geralmente para se referir a cenas extras de um anime.
Onee- irmã mais velha
Onii- irmão mais velho
Otaku- Originalmente no Japão, o termo era usado para definir um expert em algo. O termo então passou a ser utilizado para referir-se de forma pejorativa a alguém que tem obceção por qualquer coisa, geralmente um tema ou hobby. No ocidente, o termo refere-se as pessoas que são muito fãs de animes e mangás.
Otome- Significa “mulher inocente e comportada’ em japonês. É utilizado também como uma forma menos conhecida do feminino de otaku, mas pode-se usar o termo otaku para mulheres também.
Otouto- irmão mais novo
Ottemba(ko)- o termo equivalente seria “Maria-João”, meninas (não necessariamente homossexuais) que se comportam ou se vestem como meninos.
Ouji- literalmente, príncipe. Geralmente acompanhado de sama, Ouji-sama. termo utilizado para definir um estilo que é considerado a versão masculina do Lolita, onde meninos (e meninas) utilizam roupas masculinas da era vitoriana.
OVA- Do inglês, Original Video Animation (Vídeo de Animação Original). O termo é usado para se referir a episódios de anime, com duração maior que os episódios padrão, que funcionam como complementos da série, como especiais, ou mesmo contém histórias aleatórias sobre a série que não comprometem o entendimento da trama central.
Owari- literalmente fim.

P

Pettanko- personagens femininas com seios bastante pequenos. Não basta que a personagem tenha pouco peito, ela precisa se incomodar muito com esse fato, ou se orgulhar bastante dele.
Punk Lolita– mistura de elementos doces do estilo lolita com elementos agressivos do estilo punk. Utilizam-se de caveirinhas, correntes, mistura de estampas e cores fortes, mas a saia rodada, as mangas bufantes e os babados das lolitas.

Q

Qi lolita- combinação de acessórios da moda tradicional chinesa com elementos da moda lolita.

R

Raw- anime em sua versão original, com idioma original, sem nenhum tipo de legenda ou dublagem (amadora ou profissional), nem nenhum tipo de edição.
Rekijo– otomes fanáticas por história (e, por consequência, são fãs de mangás/animes históricos)

S

Sake- bebida alcoólica feita da fermentação de arroz. Conhecida como vinho de arroz
Scanlator- Do inglês “Scan Translation” (tradução de scans).Pessoas ou grupos de pessoas que escaneiam mangás e os traduzem para outras línguas de forma não-oficial e sem fins lucrativos.
School-life- clássica sub-categoria dos mangás shoujo, onde as histórias se passam em escolas, geralmente envolvendo personagens colegiais. não é obrigatório que apareça apenas em mangás shoujo, embora isso ocorra na maioria das vezes.
Seinen- Significa “homem jovem” em japonês. O termo é usado para se referir a animes e mangás voltados para o público masculino adulto. (Gênero, porém, muito apreciado também pelas mulheres jovens).
Seiyuu- Ator que dubla os personagens em animes e Drama CDs.
Sempai- veterano, alguém em classes superiores a você na escola ou colégio, ou alguém que trabalha em um lugar a mais tempo que você.
Sensei- literalmente, mestre, podendo ser professor ou algum artista.
Ships- Os casais defendidos pelos shippers.
Shipper– Pessoa que defende relacionamentos que ainda não existem entre personagens. Existem os Canon Ships, que são casais óbvios, onde fica claro que eles estão ou ficarão juntos, e os Cult Ships, que são casais altamente improváveis, é o oposto de Canon Ships. Slashs são ships homossexuais.
Shiro lolita- subdivisão das gothic lolitas que se vestem apenas de branco.
Shotacon– ver hentai
Shoujo- Significa “garota” em japonês. O termo é usado para se referir a animes e mangás voltados para o público feminino jovem, de faixa etária entre 10 e 18 anos.
Shoujo-ai– ver yuri
Shounen- Significa “garoto” em japonês. O termo é utilizado para se referia a animes e mangás voltados para o público masculino jovem, de faixa etária entre 10  18 anos.
Shounen-ai– ver yaoi
Slash– espécie de ships, envolvendo casais homossexuais.
Slice of life – histórias (raramente com conteúdo fantástico ou sobrenatural) que mostram personagens em situações cotidianas dos tempos atuais. Muitos matériais do gênero contam histórias que se passam em colégios e clubes.
Steamy shoujo– sub-categoria dos mangás shoujo que apresenta forte conteúdo erótico.
Sweet lolita- ou amaloli. Lolitas que buscam o estilo fofo e doce, utilizando tons pastéis, fitas, laços e babados, além de estampas bonitinhas, com doces, frutas, bolos, animais, bolinhas, listras e xadrez. Ou mesmo pequenos padrões florais.

T

Tankobon- Termo que se refere ao volume de um mangá. Ou seja, o livro que compreende capítulos de um mangá.
Toddlercon- ver hentai
Tokusatsu- Em japonês, significa “filme de efeitos especiais’. O Termo utiliza-se para se referir a séries e live-actions com super heróis ou mechas (robôs gigantes controlados por pessoas).
Tsudzuku- Literalmente, continua.
Tsundere- personagens que são agressivas e briguentas na superfície, e possuem temperamento violento e instável, mas na realidade são doces e sensíveis.

U

V

Visual Kei- bandas com visual bastante extravagante, com influência rock e punk

W

Waloli– combinação de acessórios tradicionais japoneses com a moda lolita

X

Y

Yamato Nadeshiko- ideal japonês da mulher tradicionalmente perfeita. Preza pelo bom comportamento social de uma mulher, sendo elegante, educada, asseada, bem como por valores familiares, como a lealdade ao marido e à família, submissão ao patriarca da família,  agir em benefício da família, possuir habilidades domésticas e ser capaz de auxiliar sabiamente o seu esposo. Durante a 2ª Guerra Mundial, outros valores foram relacionados à Yamato Nadeshiko, como ser capaz de suportar todo o sofrimento da dor e da pobreza, controlar a casa na ausência de seu marido que foi servir na guerra, e estar pronta para lutar em defesa de sua casa, de seu país e de sua honra.
Yandere- oposto de Tsundere. Personagem que aparenta se amável e doce, mas na verdade é violenta, e muitas vezes cruél e malígna.
Yaoi- Gênero de animes e mangás que tem foco em relações amorosas entre dois homens. Geralmente feito por mulheres, e voltado, em geral, para o público feminino, ou masculino homossexual. Subdivide-se em Shounen-ai (ou Boys Love), Yaoi Yaoi e Yaoi LemonShounen-ai apresentam relações amorosas românticas entre dois meninos, de forma leve e com insinuações, sem retratação de atos sexuais. Em Yaoi, já aparecem cenas um pouco mais quentes, mas sem serem explícitas. Yaoi Lemon é o gênero onde aparecem cenas de  sexo explícitas, chamado muitas vezes, de forma errada, de yaoi hentai. Alguns Yaoi Lemon apresentam Shotacon (vide sub-categorias de Hentai). (ver: gei-comi)
Yuri- Gênero de animes e mangás que tem foco em relações amorosas entre duas meninas. Subdivide-se em Shoujo-ai(“amor de meninas” em japonês), onde as relações românticas aparecem de forma leve e insinuante, Yuri, onde os romances são mais claros e podem ser um pouco mais quentes, e Yuri Orange, onde as relações sexuais são apresentadas de forma explícita e pornográfica. Alguns Yuri Hentais podem apresentar Loli-con (vide categorias de hentai).

Z

Zettai Ryouiki- estilo de vestir-se de algumas meninas jovens, que consiste em expor bastante pele. Caracterizado por saias bastante curtas utilizadas com meias mais longas. (mesmo que sobre bastante pele à mostra entre a saia e a meia).
robert elias Web Developer

Tenho 16 anos gosto muito de cultura Japonesa Animes,Mangás e Visual Novels,nas horas vagas (que são mais do que eu gostaria que fossem) gosto de postar em meus blogs,praticar algum esporte ou sair com meus amigos,sou bom aluno (nem tanto),enfim esse sou eu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Chat